18 fevereiro 2017

Bolo de fubá especial



Esse é daquele bolo de vó, daquele que deixa um aroma no ar.
Hoje à tarde resolvi fazer esse bolo para matar saudade do sabor e de bons momentos na companhia dos filhos. Um bolo para quando está com vontade ou sem vontade de cozinhar de tão fácil.
Se preferir faça sem a goiabada acrescentando apenas grãos de erva-doce, fica uma delícia.


Bolo de fubá especial
Fonte de inspiração: revista Doces de liquidificador Puro Sabor Editora Alto Astral

No liquidificador bater 3 ovos, 1/2 xícara de óleo de girassol e 1 1/4 xícara de açúcar. 
Acrescentar 1 xícara de leite depois de bater acrescentar 1 xícara de farinha de trigo e 1 xícara de fubá mimosa ambas peneiradas, não bater muito, apenas até misturar e por fim acrescente 1 colher (sopa) de fermento em pó, para misturar use a função pulsar do aparelho.Desligue. 
Se quiser acrescente sementes de erva doce e mexa com uma colher. 
Enquanto isso aqueça o forno em temperatura média 220ºC. Colocar a massa numa forma untada e polvilhada com fubá, coloque os pedacinhos de goibada que devem ser passados em fubá ou amido.Levar ao forno preaquecido a 220ºC por 10 minutos reduzir o forno para 180ºC e assar por mais 20 minutos ou até assar completamente.

17 fevereiro 2017

Torta de amor | Banana


Essa receita é daquelas simples e deliciosa, quem provar vai pedir a receita.





Torta de amor | banana
Fonte de inspiração: Daniela Viana

 Ingredientes:

-1 dúzia de bananas nanicas maduras
-manteiga ou margarina,
-canela em pó,
-1 pacote de mistura pronta para bolo

Modo de montar:

Unte muito bem uma forma para bolo inglês e reserve.
Comece assim: Banana + canela + mistura para bolo.
Siga essa ordem até encher a forma, a última camada deve ser de pó colocar de m.p.b., polvilhar canela e colocar algumas porções de margarina para dar mais umidade.
Forno médio por +/- 1 hora ou até que fique dourado.
Depois de fria ela dá uma murchadinha.

Dicas:
As bananas nanicas se comportam melhor nesta receita, elas soltam o líquido necessário para a mistura dar certo.
A mistura pronta para bolo pode ser no sabor baunilha, leite condensado ou festa, a marca pode ser qualquer uma.
Pode-se substituir as bananas por maçãs.

15 fevereiro 2017

Abobrinhas recheadas com ricota


Esse prato é super fácil de preparar e delicioso.Tenho certeza que você vai querer repetir.



Abobrinhas recheadas com ricota
Fonte de inspiração: Mila e Silvia Boettger

Ingredientes:
1 à 2 abobrinhas fatiadas finas
ricota temperada com sal, pimenta, azeite e noz moscada
Molho de tomate e manjericão

Modo de preparo

Grelhe as fatias de abobrinha, em uma frigideira com azeite, em cada fatia já grelhada coloque o recheio de ricota temperada.
Enrole e com um palito espete o centro para que os rolinhos não se desfaçam.
Leve os rolinhos para ferver em uma panela, com o molho de tomate ou leve ao forno, com o molho de tomate e salpicadas de queijo parmesão ralado; o tempo de forno deve ser suficiente para dourar levemente o queijo.

14 fevereiro 2017

Bolo tabuleiro de laranja

Sabe aquele bolo que comemos várias vezes e não enjoamos.
Além de ser delicioso essa receita trás consigo uma boa lembrança do passado.
Olhando para meu antigo caderninho, percebe-se que já fiz muitas e muitas vezes e em diversas ocasiões.
Essa é uma daquelas receitas que vinha na latinha do fermento em pó Royal.



Tabuleiro de Laranja
Fonte de inspiração: Royal 
Ingredientes:

1 1/2 xícara (chá) de açúcar
100 g de manteiga ou margarina
3 ovos
2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó Royal
1/2 xícara (chá) de caldo de laranja


Modo de preparo
1- Bata em creme o açúcar com a manteiga, junte as gemas e bata até ficar bem cremoso.
2- Peneire juntos a farinha e o fermento em pó.Bata as claras em neve e reserve.Adicione ao creme, alternando com o caldo de laranja.Por fim junte as claras em neve.
3- Coloque em tabuleiro untado e leve a assar em forno moderado (190°C) por 35 minutos.
4- Assim que sair do forno regue com: 1 xícara (chá) de caldo de laranja e 1/2 xícara (chá) de açúcar.
5- Corte depois de frio ou morno formando pequenos retângulos ou quadrados.